Relações do Trabalho

O Radar das Relações do Trabalho e Sindicais

No G1: "Veja cidades que mais contrataram e que mais demitiram em março"

Publicado em 17/04/2012 no G1.

 

São Paulo lidera o ranking, com a criação de 18.284 vagas no mês passado. Na outra ponta, Coruripe, em AL, foi a cidade que mais demitiu.


Das dez cidades brasileiras que registraram o melhor desempenho na geração de emprego formal no mês de março, oito são capitais de seus respectivos estados, de acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho divulgados nesta segunda-feira (16).

 

São Paulo segue liderando o ranking, com a criação de 18.284 vagas no mês passado. Em segundo lugar, aparece o Rio de Janeiro, com saldo de 8.303 vagas, seguida de Goiânia, com 4.314 postos de trabalho.

 

Demissões
Coruripe, em Alagoas, lidera o ranking das cidades que mais perderam postos de trabalho, com o fechamento de 3.941 vagas em março. A cidade de Bebedouro, no interior de São Paulo, aparece novamente em segundo lugar, com 3.340 vagas a menos; seguida de Matão, que perde 3.101 vagas.

 

Sete capitais aparecem no ranking das 50 cidades que mais demitiram em março: Maceió, Florianópolis, Belém, São Luís, Manaus, Fortaleza e Rio Branco.

 

Em todo o país, foram criados 442.608 empregos com carteira assinada nos três primeiros meses de 2012. Isso representa uma queda de 24,1% frente ao mesmo período do ano passado (+583.886 vagas formais).

 

Também se trata do pior desempenho para os três primeiros meses de um ano desde 2009, quando foram fechados 57.751 empregos com carteira assinada.

 

Somente em março, os números do Ministério do Trabalho mostram que foram criados 111.746 postos formais de trabalho, o que representa uma alta de 20,57% frente ao mesmo período de 2011 (+92.675 vagas formais).

 

 

Leia a íntegra do "Veja cidades que mais contrataram e que mais demitiram em março" no link:

http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/04/veja-cidades-que-mais-...

Exibições: 25

Tags: Mercado de Trabalho, Qualificação Profissional

Comentar

Você precisa ser um membro de Relações do Trabalho para adicionar comentários!

Entrar em Relações do Trabalho

© 2014   Criado por Relações do Trabalho.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço